Força-tarefa COVID-19 Unicamp

Estratificação de risco individual com base em dados do hemograma

Proposta é utilizar ferramentas de IA para identificar padrões em exames laboratoriais (em especial, o hemograma) associados a maior gravidade clínica, ou a biomarcadores intermediários de gravidade.

1 curtida

Olá Erich, tenho interesse nesse projeto. Sou professora Paula (FEEC). Trabalho em parceria com o Prof. André Santanchè na disciplina de Ciência e Visualização de Dados em Saúde. Podemos conseguir recrutar bons voluntários na disciplina também. Conte comigo. (19) 98801-3938

Olá Erich,

Tenho interesse em buscar índices em hematogramas (como os índices hematimétricos) com correlação ao COVID-19 usando o algoritmo NEAT.

Vejo uma diferença para a sua proposta no sentido do tipo de dados: os modelos que encontrei para predizer a gravidade dos casos usam dados de hemograma com uma dimensão temporal. Eu busco dados de um único hemograma por paciente, para auxiliar na triagem dos casos.
É possível integrarmos as iniciativas no acesso aos dados?

Olá, me chamo Allex, sou aluno de graduação em Física na Unicamp. Tenho 21 anos de experiência na área de programação, e atualmente trabalho com pesquisas envolvendo IoT no LALT da Unicamp. Não possuo experiência na área de IA, mas gostaria de contribuir com vocês de alguma forma.

Olá Erich, pode contar comigo. Como eu falei, incluí também o pessoal do Iris Data Science.
André